domingo, 16 de janeiro de 2011

Espargos selvagens 100% biológicos




Todos os anos, entre o Outono e o Inverno, é fácil encontrar espargos selvagens no Algarve (com um sabor mais intenso do que os de cultivo), e a tarde de hoje foi dedicada à apanha deles. Apesar disso, não são conhecidos por muitos, excepto pelos nossos vizinhos espanhóis, que é frequente virem cá apanhá-los para comercializá-los. E o potencial até é nosso, mas parece que nos falta a visão... Tradicionalmente, os espargos eram utilizados na gastronomia algarvia em omeletes, mas também já experimentei em refogados, sopas, os famosos "peixinhos da horta", com espargos em vez de feijão verde, etc.
A espargueira é uma planta muito fácil, apesar de espinhosa, e, por exemplo, no local onde estes foram apanhados, elas abundam um pouco por todo o lado, produzindo espargos durante cerca de meio ano, ao longo de vários anos. Para conseguir espargos com este aspecto, cada planta deve ter já cerca de três anos, caso contrário são muito finos.

9 comentários:

  1. Que divertido para descobrir um blogueiro português! Eu tenho uma casa em Espanha, mas não encontra muitos blogs de jardinagem mediterrânica. Vocês são tão afortunados para escolher aspargos no inverno! Aqui na neve da Noruega ainda estiver cobrindo o chão, para que os nossos aspargos não irá aparecer até abril.
    Tenha um ótimo dia!

    Atenciosamente
    Stein do Noruega

    ResponderEliminar
  2. Bom dia, volta e meia venho aqui espreitar... Adoro espargos, salteados na sertã...com um ovo frito...em omeletes...de todas as formas e feitios...eheheh adorava plantar espargos...a técnica já a encontrei em livros...mas a plantula...ou até mesmo semente ( será possivel com semente??? ) é que é dificil de encontrar...vivo no Norte do Pais...pode-me dar alguma Luz, sobre o que fazer???

    ResponderEliminar
  3. tenho um terreno onde crescem varias esparregueiras.
    Gostaria de saber se existe alguem que os compre cá em portugal?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. talvez eu tenha interesse nessas plantas?
      contacta via email josetondela71@yahoo.ca

      Eliminar
  4. E acha que se consegue plantar esses espargos num jardim?

    Abraços

    ResponderEliminar
  5. Que inveja, no bom sentido claro.
    Se soubesse o que tenho sofrido para colher espargos???
    Semeei, esperei, estraguei sem saber etc. Mas este ano já consegui colher uns quatro.
    mmmm que delicia que são.
    bj eugénia

    ResponderEliminar
  6. Há sementes de espargos à venda em Portugal. Comprei na Leroy Merlin e também há à venda em vários sites como por exemplo
    aqui: http://www.loja.jardicentro.pt/advanced_search_result.php?keywords=espargos&osCsid=29c5d5ca02865a129afde16e9025d242

    Eu vou semear os meus amanhã

    ResponderEliminar
  7. Sempre fui louca por espargos, agora comecei a plantá-los, já tenho tantos que não dou à conta a comê-los, fora os que ofereço. Estou a pensar em vendê-los, juntamente com o sumagre e várias plantas medicinais. Vivo no Algarve (Bordeira), tenho milhões se sementes. Nota: quando a planta dá semente, não dá espargo, morre por ela, mas graças a Deus deixa filhos

    ResponderEliminar
  8. Sempre fui louca por espargos, agora comecei a plantá-los, já tenho tantos que não dou à conta a comê-los, fora os que ofereço. Estou a pensar em vendê-los, juntamente com o sumagre e várias plantas medicinais. Vivo no Algarve (Bordeira), tenho milhões se sementes. Nota: quando a planta dá semente, não dá espargo, morre por ela, mas graças a Deus deixa filhos

    ResponderEliminar